top of page
  • Foto do escritorJoice Bacantte

Como perder o medo de falar em público

Atualizado: 12 de jun. de 2023

Antes de tudo, quero que você pense na sua história, especialmente em sua infância. Como eram suas brincadeiras, como você falava com as pessoas, seus amigos e familiares. Na escola, quais matérias você gostava mais? Você se lembra das primeiras vezes em que você precisou se apresentar publicamente? Como você se sentiu? recebeu elogios?

Começo nossa conversa de hoje com essas perguntas, porque para a gente começar a pensar em perder o medo de falar em público, precisa entender antes de tudo, que cada um de nós tem uma relação particular com a exposição. Existem elementos semelhantes quando o assunto é falar em público, mas quando você começa a mapear de onde vieram e onde estão suas fragilidades, você passa a ter mais condições de acolher as dificuldades, lançar um novo olhar aos episódios dolorosos do passado e a partir daí todas as técnicas e práticas passam a surtir mais efeitos na sua comunicação. Isto posto, vamos aos passos que irão te ajudar a enfrentar o medo e encontrar o brilho da sua expressão diante do público. Leia até o fim e confira as técnicas para praticar já:


ACEITAR O MEDO AO INVÉS DE BRIGAR CONTRA ELE.


O medo é uma das emoções mais básicas e antigas da nossa espécie, aliás, vários outros animais também o sentem. O medo tem, em princípio, a função de preservar a vida da gente, ele é acionado sempre que nosso corpo percebe alguma situação de risco. Ao se manifesta em situações em que você precisa se expor para falar publicamente , por exemplo, o medo surge porque muito provavelmente existem em você algumas memórias, ainda que incoscientes, de situações desagradáveis no passado em relação à sua expressão. Por isso, mapear sua história vai dar a você estrutura para abraçar o medo e ir mostrando a ele que está tudo bem e você faz isso ao encontrar seus superpoderes, o que nos leva ao próximo ponto:


ENCONTRAR SEUS SUPERPODERES


Quando você visita sua infância, adolescência e também a vida adulta rememorando momentos em que se sentiu realizando algo de valor, recebendo elogios por determinadas características, percebendo o que você repetidamente fazia com primor, naturalidade e prazer você começa a descobrir seus superpoderes.

Seus superpoderes podem ser por exemplo: ter bastante energia e capacidade de realizar várias coisas ao mesmo tempo, capacidade de se concentrar, alto nível de qualidade na execução de tarefas e projetos, facilidade para ouvir as pessoas, empatia, coragem ao realizar atividades desafiadoras, positividade...eu poderia escrever sem parar, mas prefiro que você comece a escrever sobre você, listando seus pontos mais fortes ok, diva e divo?


PRE - PA - RA

Falar bem em público não é dom é treino com técnica. A comunicação é uma habilidade que todos nós podemos desenvolver ao longo do tempo. Como atriz, quando comecer a estudar teatro, passei a utilizar as técnicas de preparação de atores também em outras situações da vida fora do palco, não para contar histórias inventadas da ficção, muito menos para mentir, ao contrário, descobri que as bases de técnicas mentais, corporais, vocais que nós atrizes e atores usamos para expressar a "verdade da personagem" poderiam naturalmente me servir para expressar a verdade de quem eu sou de forma articulada, autêntica e expressiva. Afinal, nem sempre trabalhei apenas como atriz, sou massoterapeuta, já fui antendente de telemarketing, recepcionista, vendedora e secretária. Já fui funcionária aos moldes CLT, portanto, passei por inúmeras entrevistas e dinâmicas de grupo em empresas, por exemplo; e para todas essas situações usei aquecimentos e preparações que aprendi no teatro, sempre me saí muito bem. Deixo aqui a você um simples roteiro de preparação que no teatro é um rito nosso antes de toda e qualquer apresentação e que você pode usar antes de qualquer apresentação e ou treinamento/reunião/gravação/situação de de expor em público:

1 - Movimente seu corpo, escolha um tipo de movimentação que você gosta (alongamento das articulações, pule uma corda imaginária, dance). Se puder, coloque uma seleção musical que eleva sua energia enquanto pratica os movimentos; Inclua nessa movimentação os músculos do seu rosto, faça movimentos de bocejar, abra totalmente os olhos, a boca, mexa as bochechas, abrindo, depois encolha toda a musculatura e termine com o bocejo forçado. Sinta que está com os músculos do corpo mais aquecidos e relaxados; Faça por pelo menos 3 minutos. 2 - Com a coluna ereta, pés afastados na largura nos quadris, mãos na cintura, coluna ereta, joelhos semi-flexionados, olhar quieto como se encarasse o horizonte, queixo levemente erguido, ombros relaxados: inspire em 1 segundo e expire em 4 segundos ou inspire em 1 tempo e expire o dobro do tempo da inspiração. Respire assim por pelo menos 2 minutos. 3 - Na mesma postura do exercício anterior agora trabalhe a voz. Com a boca fechada faça som de M (MMMMMM...) como se fosse o fim do mantra Ommmmmmmmm. Faça por pelo menos 2 minutos 4 - Mantendo a postura anterios "estale" a língua como se dissesse "Cla - Clo", mas sem voz, apenas com a língua sendo mantida tocando o céu da boca bem na parte de trás dos dentes da frente.

Esse roteiro de exercícios simples e curtos, elevam sua energia, acalmam a ansiedade, diminui as substâncias que seu corpo produz quando sente medo, portanto, serenam o medo, aquece seu corpo e melhora a sua voz e capacidade de articular melhor as palavras.


A PELE NO JOGO


É muito importante que você tenha a consciência de grande parte do receio em falar em público pode vir também da simples falta de costume. É natural que a gente tenha insegurança naquilo que nunca fez ou que pouco sabe a respeito, então quanto mais você se desafiar a dar um passo e falar nas oportunidades que surgirem e também tomar a iniciativa de criar essas situações, mais você vai se familiarizar com a atitude de falar e com o tempo isso vai se tornar mais natural e até apaixonante, Então, se permita colocar a pele no jogo!

Esse conjunto de práticas de preparações em nível mental, emocional e principalmente físico, vai certamente te ajudar muito a fazer o medo sair de cena e dar lugar para sua presença magnética em um corpo aquecido, com voz articulada e respiração tranquila. Experimente!


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page